quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Pedra do Baú, em SP, ganha aval para ser monumento

Maciço rochoso a 1.950 metros de altitude na cidade de São Bento do Sapucaí (173 km de São Paulo), na serra da Mantiqueira, a Pedra do Baú --referência visual para 52 cidades-- deve ganhar nos próximos dias um novo status de proteção.

O Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente) aprovou ontem a criação do Monumento Natural da Pedra do Baú, um dos tipos de unidade de conservação de proteção integral previstos em lei --mesma categoria dos parques.

A pedra fica hoje numa APA (Área de Proteção Ambiental), unidade de conservação com regras mais flexíveis de uso e ocupação.

Não haverá desapropriações, mas, com a criação da unidade, a administração da área passa a ser da Fundação Florestal e do município, que pretendem ampliar a infraestrutura turística --o local é hoje mantido por voluntários como montanhistas, esportistas, ONGs e empresários.

A área, integralmente no município de São Bento do Sapucaí, é de 3.154 hectares --equivalente a 20 parques como o do Ibirapuera-- e faz divisa com Minas e a cidade de Campos de Jordão. Além da Pedra do Baú, ficam na área protegida as pedras do Bauzinho e Ana Chata.

O complexo é um dos principais pontos turísticos da região, procurado principalmente por praticantes de esportes radicais como voos de asa-delta e parapente, trekking (uma espécie de rali a pé por trilhas) e alpinismo.

Em SP, a Pedra do Baú será o segundo monumento natural --o primeiro, criado em março deste ano, é a Pedra Grande, na Cantareira. Em nível federal, há dois: o rio São Francisco (Nordeste) e os Pontões Capixabas (ES).

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/820803-pedra-do-bau-em-sp-ganha-aval-para-ser-monumento.shtml

Um comentário:

joaoquadros6 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.