segunda-feira, 9 de abril de 2007

Páscoa no refúgio.

Nesta Páscoa dois dos nossos camaradas deram uma esticadinha até o nosso refúgio de Itatiaia. O Marcelo e o Carlão sairam de Jundiaí na quinta-feira, 5 de abril às 4 da matina em direção as imediações do Parque Nacional de Itatiaia.

Mais uma vez na trilha...

Brejo da Lapa encoberto pela neblina.

Acochambração na montanha. Os caras arrumaram um cavalo pra levar as mochilas, mais mole do que tomar sopa de minhoca! :-)

Reparem a altura do fogo! O Carlão tava afim de tacar fogo na casa! :-)

Trilha das imediações do refúgio onde não é possível chegar de automóvel, somente a pé ou a cavalo.

Segundo o Marcelinho a foto acima é referente a uma análise ginecológica da montanha! :-)

Caminho para a pedra redonda, um maciço rochoso de mais ou menos 100 metros de altura que fica bem no quintal do refúgio.

Visão dos fundos do refúgio.

E mais uma vez o nosso cantinho nas montanhas fica desse jeito até a nossa próxima visita.

4 comentários:

Silas disse...

P....Q...P....os cara foram de cavalo......bando de gordo sedentariooooooooooo.....não guenta nem peidar mais!!! tudo froxo!!!

André Zancanaro disse...

Bom Silas, se você que é o "homem trator" não foi os caras tiveram que contratar um carregador à altura! hahahahahaha...

Samuel disse...

E ai André, onde fica essa casa que vocês ficaram? É na parte alta? Qual é esse esquema?

Estive no Planalto na Páscoa também, ficamos no Alsene *:-( , pena que o tempo não ajudou muito.

abrass!

Samuel
http://smarcondes.multiply.com

André Zancanaro disse...

Fala Samuel, essa casa nós conseguimos há uns 3 anos por intermédio de um amigo nosso que é guia de montanha e presta serviços na região. Está situada no entorno das divisas do PNI em terras particulares e sempre que dá a gente dá uma esticada lá. Na verdade é mais um refúgio do que uma casa, não tem luz elétrica o acesso super precário e complicado (duas horas a pé, não entra carro). É quase uma bat caverna, uma espécie de esconderijo secreto que só alguns poucos privilegiados conhecem. De lá a gente consegue acessar várias cachoeiras, a portaria do parque, o Alsene e tudo mais. Valeu.